04 agosto 2014

Como funciona o mercado de vendas de pagínas originais de quadrinhos???

Artes Originais desenhadas por Marcio Abreu.
*(foto: Marcio Abreu Studios).

Boa Noite, galerah!!!!....

Se você se curte desenhar personagens de quadrinhos e coleciona quadrinhos, certamente, alguma vez na vida, se perguntou: -"Como funciona o mercado de vendas de paginas originais de HQs (historias em quadrinhos)????"....Além de ser um mercado legal, é um mercado paralelo dos desenhistas que lhe rendem alguns lucros.  


Bom, ...para responder esta pergunta eu postei um artigo (texto abaixo), do Ivan Freitas da Costa (colecionador de artes originais de quadrinhos, organizada em exposições que já lhe renderam dois troféus HQMix, é fundador do Chiaroscuro Studios e organizador da Comic Con Experience.), publicado no site Stout Club, em julho de 2014.


Carlos Rodriggs.


 "Arte original de HQ´s.
   O mercado de arte original de Histórias em Quadrinhos e como as obras são classificadas.

 texto: by Ivan Freitas da Costa

  Colecionadores são eternos insatisfeitos. Sempre falta alguma coisa e, para piorar,  as coleções tendem a se desdobrar em outras coleções derivadas.


Desde o FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte) de 2007, o primeiro do qual participei como curador, tenho observado uma evolução na forma como os fãs consomem e se relacionam com os produtos oferecidos dentro e fora das convenções brasileiras de quadrinhos.
Em 2007, o foco ainda estava nas revistas publicadas pelas grandes editoras. Os fãs levavam exemplares para serem autografados pelos convidados do evento. Nos anos seguintes, foi ganhando força a venda de sketchbooks e de pôsteres (prints), além de um número crescente de fãs que enfrentavam filas para conseguir um esboço (sketch) do seu artista favorito.
Interação entre artistas e público na FIQ 2013.  *(Foto por José Aguiar)

Mais recentemente, no FIQ 2013, já havia alguma demanda por artes feitas por encomenda (commissions). Nesse meio tempo, a produção independente explodiu, o que ampliou o número de artistas brasileiros conhecidos pelo público.
O próximo passo evolutivo é o colecionismo de arte original, utilizada na produção das revistas em quadrinhos.
Aqui cabe uma explicação: de forma geral, quando um artista trabalha para alguma das grandes editoras, como Marvel Comics, DC Comics e Dark Horse Comics, ele recebe um roteiro e desenha o que está ali descrito. Terminado o trabalho, ele envia à editora uma imagem em alta resolução da arte que ele criou – e o uso dessa imagem pertence à editora – porém a propriedade sobre o desenho físico (caso não tenha sido feito em plataforma digital) pertence ao artista, que pode comercializá-la de forma independente.
Arte Original da primeira aparição de Wolverine.

" Page Original: A primeira aparição de Wolverine, 
arrematada por US$ 657,250 dolares."

Até para contribuir para esse próximo passo evolutivo, compartilho alguns critérios que tenho observado nesse mercado de originais de quadrinhos americanos e que, juntos, ajudam a definir o preço de uma arte:
Tamanho. Ao menos no mercado de arte original de quadrinhos americanos, há pouco interesse por artes com tamanho inferior a 11 x 17 polegadas (28 x 43 centímetros), pois esse é o tamanho padrão das pranchas que Marvel e DC enviam aos seus artistas.
Composição. Existe uma preferência por artes que ocupam a página inteira (splash pages), e assim, páginas com muitos quadros tendem a ser menos valorizadas.
Capa x página interna. Via de regra, as capas são mais valorizadas, pois muitas vezes são mais elaboradas que as páginas internas e são imagens mais amplamente reconhecidas pelo público.
Técnica. De forma geral, as pinturas estão no topo das técnicas mais valorizadas, seguidas das páginas arte-finalizadas a nanquim, daquelas arte-finalizadas com marcadores e outros materiais (pois eles têm menor vida útil) e das páginas a lápis.
Personagens. A demanda é maior por artes nas quais aparecem personagens mais conhecidos e, especificamente, nas quais eles aparecem uniformizados e em ação.

Importância histórica. O fato de trazer uma cena marcante ou cronologicamente relevante para o personagem também interfere no preço da arte original. A primeira aparição do Wolverine foi no último quadro da última página da revista The Incredible Hulk nº 180. Essa arte foi leiloada em maio de 2014 e, em função de sua importância histórica, atingiu a impressionante marca dos US$ 657,250 dolares
Em maio de 2011, uma splash page de Batman: O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight Returns), de Frank Miller e Klaus Janson, foi arrematada por US$ 448,125 dolares.

"Splash page de Batman: O Cavaleiro das Trevas, 
arrematada por US$ 448,125 dolares."

Raridade. Até a década de 50, as editoras americanas retinham os desenhos originais e, após algum tempo, eles eram destruídos, o que torna esses originais extremamente raros e valiosos.
Artista. Artes originais de artistas em evidência tendem a ser mais valorizadas. De uma forma geral, isso tem a ver com o tipo de trabalho, com o artista, se aquele estilo/técnica está na moda e com a revista/personagem com os quais o artista está trabalhando.
Estado de conservação. Manchas, amassados, rasgos ou outros defeitos interferem no preço da arte.
Capa de Green Lantern 1, pintada por Alex Ross.
"O próximo passo evolutivo é o colecionismo de arte original, utilizada na produção das revistas em quadrinhos." Ivan Freitas
A esses critérios, digamos, mais racionais, soma-se o interesse pessoal do comprador por aquela arte específica, sua preferencia por este ou aquela artista, personagem ou história, o que interfere nessa equação e pode levá-lo a pagar muito ou pouco por uma arte que, para ele, tem um valor que pode não ser percebido por outras pessoas.


Uma última dica para quem não resistir ao impulso de se aventurar pelo colecionismo de arte original é começar pequeno e ver até onde o interesse pelo tema – e o bolso – te permitem ir. E nada melhor do que se cercar de arte, especialmente se produzidas por artistas que você admira."
Artes Originais desenhadas por Marcio Abreu.

Fontes:
- site StoutClub
- Chiaroscuro Studios