06 maio 2011

Greg Land e o Uso de Referências Fotográficas







Greg Land ensina como desenhar a partir de referências fotográficas. O uso de referências fotográficas é um treinamento básico de extrema importância para o aprendizado de qualquer Artista Gráfico independente do seu nível artístico.



Apartir de agora o Greg Land nos mostra passo-a-passo a criação da capa - pôster (ou do Desenho) que está acima, atravez do uso de referências fotográficas.

Texto: Greg Land



Introdução



O Desenho acima é uma capa e pôster de algumas das personagens femininas de Sojourn da CrossGen Comics Studios.



Na criação deste pôster e capa, usei cabeças, figuras e ambientes juntamente com alguns elementos de Desenho Básico e Referências Fotográficas para criar o conjunto.



Espero que ajude a mostrar o quanto as referências podem ser importantes quando se está desenhando. Divirta-se: faça seu arquivo de imagens, guarde catálogos (eu pego os da minha mulher, depois que ela já usou) e anúncios de jornais. Faça com que seus parentes e amigos posem para você - isso pode ser bastante divertido. Se alguma coisa num livro parece ser interessante mas não tiver onde usá-la no momento, faça uma copia e guarde. Com certeza, vai achar um lugar onde ela se encaixe no futuro.



Boa sorte e continue desenhando.




Encontre uma Pose

Este exemplo mostra a heroína Arwyn, de Sojourn, numa pose relaxada (fig. A).
Encontrei uma modelo bastante atraente (Rebecca Romijin-Stamos) numa revista de maiôs (fig. B) e usei sua postura (os braços cruzados e o tronco levemente virado) como ponto de partida.
Em seguida, adicionei a expressão de Arwyn, seu cabelo e uniforme. Neste exemplo, eu estava atrás da postura, não das roupas, penteado ou expressões faciais.


Closes


Costumo pegar retratos de meus arquivos (imagens tiradas de revistas e jornais), ou tiro fotos de meus amigos ou de mim mesmo como referência para expressões faciais. Estes exemplos mostram como eu utilizei as expressões básicas das fotografias e mudei apenas o penteados e os trajes, para tornar os desenhos apropriados aos personagens.

Gareth, de Sojourn (fig. C) foi baseado num modelo de anúncio de roupas (fid. D). A garota com olhar apavorado é minha sobrinha, Brianna. Neste exemplo, a personagem (fig. E) se parece muito mais com a modelo (fig. F). À direita, está o desenho de um Troll (fig. G). Olhando para a expressão exagerada no rosto do modelo (isso mesmo, sou eu na Fig. H), consegui criar os detalhes. Gosto de visualizar os Trolls como se fossem atores de Hollywood maquiados.

Finalmente, desenhei a adorável Neven (fig. I) inspirado por uma modelo que apareceu na revista Sports Illustrated (fig. J).




Movimentos do Corpo





Estes exemplos mostram figuras de corpo inteiro. O primeiro é uma pose de Arwyn disparando uma flecha (fig. K). Nesse caso, minha referência foi uma mulher atirando com um par de revólveres (fig. L).



O segundo é uma mulher alada (fig. M). Provavelmente, não iria encontrar isso em nenhum livro de referência, mas a graciosidade encontrada em muitas atletas pode ajudar, Assim, uma patinadora ajudou a compor a pose (fig. N). Criei as asas pesquisando em diversos livros de pássaros (note as diferentes tonalidades que apliquei às asas, baseadas numa águia).



Várias vezes pedi para minha mulher e meus amigos fazerem poses de movimento. Gosto de usar uma polaróide para tirar as fotos dessas cenas. Isso é extremamente útil nas composições dos quadrinhos, já que posso movimentar o modelo para apanhar uma grande variedade de ângulos - do alto, de baixo, closes, planos médios e de longa distância. Todos eles ajudam a tornar a narrativa mais interessante.





Passeio pela Natureza



Cenários - como cidades, castelos, casas, florestas ou qualquer outro lugar para onde a história nos leve -são os espaços em que os personagens interagem. O desenho que fiz aqui é de uma clareira que leva a uma floresta (fig. O). Utilizando uma foto da revista Country´s Best Log Homes (fig. P), foi possível ver as diferentes formas das árvores. Desenhando áreas claras e escuras, consegui obter um cenário natural bastante verossímil.


Fonte: Revista Wizard Brasil , n° 07 - Abril/2004, editora Panini Comics.

02 maio 2011

Bad Kitty




Yeah People!...


...Bad Kitty was an American comic book published by Chaos Comics. Bad Kitty was one of several staple Chaos characters that capitalized on the so-called bad girl genre in the 1990s.



Bye!...God Bless!!